segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Personagem da semana - 6ª edição

Particularmente, estava esperando alguma hora para poder postar sobre meu escritor preferido. Finalmente tive oportunidade.

Hoje não é um destaque. É um mestre.

Stephen King, que faz aniversário essa semana é um dos maiores escritores contemporâneos. Nascido no estado do Maine, Estados Unidos, Começou a vida sendo frentista, virou lavador de roupas, professor de inglês na Academia Hampden, colunista, escritor de contos, mestre excêntrico do horror. Escrevendo romances, novelas e contos, SK é clamado pela crítica e pelo público, onde já pode apreciar inúmeras adaptações de seus livros para o cinema.

Vendendo contos para revistas masculinas e se sustentando como professor de inglês, King começou a ter seu trabalho reconhecido até que em 1973 teve seu primeiro livro publicado. Era “Carrie, A Estranha”. Agora SK pôde deixar de lecionar para se tornar escritor. Um ano depois, o livro virou filme. Aí deixou de ser um escritor comum e se tornou um fenômeno.

Com escrita envolvente e incrivelmente detalhada onde coloca o leitor vivenciando a história a cada minuto do dia (fico contando as horas pra acabar o dia e voltar à minha leitura), King tem histórias sobre monstros, extraterrestres, assassinos e até carros que tomam vontade própria! Viagem? Você que pensa! A realidade do mundo de Stephen King é tão real, mas TÃO real, que não há palavras pra descrever o quão é prazeroso ler uma obra do autor e se sentir dentro da história.

Vou sugerir apenas cinco livros dele pra leitura, sem contar muito o enredo. Difícil escolher menos de dez, mas aqui estão em ordem alfabética:




A Coisa (It) – Eita palhaço desgraçado! É considerada a obra-prima do escritor. Conta a história de uma turma de amigos que se depara com uma entidade nada amistosa, depois de 30 anos. E vão ter que superar esse medo. Esse livro virou filme. Nota 10.






Jogo Perigoso (Gerald’s Game) – Joguinho sexual, Jessie é algemada na cama. Porém, o marido Gerald tem um ataque cardíaco e morre na frente dela. Só que eles não estavam bem sozinhos. Tem um cão por perto...







O Cemitério (Pet Sematary) – Conhecem a música do Ramones? Foi feita especialmente para o filme do livro! Quando tudo parace dar certo pra família Creed, o adorável gatinho da família morre. Mas ele pode voltar. Também adaptado pra filmes. Meu primeiro livro do SK. Nota 10.








À espera de um Milagre (The Green Mile) – Sabem o filme? Pois é.








O Iluminado
(The Shining) – Família passa uma temporada isolada num hotel do Colorado, no meio da neve. Mas o passado do hotel vem à tona. Já teve duas adaptações, a de Kubrick é incrível. Nota 10.




Mais cinco filmes:

O Iluminado, de Stanley Kubrick, 1980 – Cult, Clássico, Premiado e Mágico.

Conta Comigo, de Rob Reiner, 1987 – Retirado de um conto. Nota 10.

Cemitério Maldito, de Mary Lambert, 1989 – Ótimo como o livro.

Louca Obsessão, de Rob Reiner, 1990 – Ganhador de Oscar, dispensa comentários.

Fenda no Tempo, de Tom Holland, 1995 – Retirado de um conto, filme bem alternativo, mas com história fantástica.



Aconselho ler e assistir todos, até quem não gosta de ler se prende. Fato.





Obrigado à Mari que arrumou o nome do Stanley KubriCk!