segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Times brasileiros, logotipos, estrelas, motivos, enfim...

Já viu que os times carregam estrelas nos escudos? Alguns, a estrela ocupa mais espaço que o próprio escudo, outros nem tem! Diferente de seleções, os clubes não têm norma alguma pra seguir ao colocá-las, tendo assim, liberdade total dada pela CBF para colocar e tirar quantas quiser. Já as seleções, impostas pela FIFA, colocam uma estrela a cada título da copa do mundo de futebol. Então, vamos aos significados, apenas da Série A:

América - RN
O América usa 5 estrelas no escudo, quatro amarelas e uma prata.
As amarelas representam o tetracampeonato potiguar, entre 1979 e 1982. A prata, da extinta Copa do Nordeste, de 1998


Atlético - MG
O galo usa apenas uma, amarela.
Ela, representa o primeiro Campeonato Brasileiro, o de 1971, também único vencido pelo clube.


Atlético - PR
O furacão carrega duas estrelas, a de prata e a de ouro.
A de prata representa o Brasileiro série B de 1995. A de ouro, o Brasileiro de 2001.


Botafogo
Por estratégia de marketing, o clube optou por tirar todas estrelas do escudo.


Corinthians
Cinco estrelas! 4 amarelas e uma amarela com prata.
As amarelas inferiores, o Tetracampeonato Brasileiro (1990, 1998, 1999 e 2005). A de cima, amarelo com prata, o primeiro título Mundial de Clubes de 2000.


Cruzeiro
A equipe mineira usa apenas o centro do escudo nas camisas, como logo alternativo. Ocasionalmente, utiliza uma coroa, representando a Tríplice coroa de 2003.


Figueirense
A equipe da ilha de Florianópolis não têm estrelas no logotipo, por opção.


Flamengo
O clube da gávea carrega apenas as letras "CRF" entrelaçadas que encrustam o escudo na camisa. Sobre elas, uma estrela solitária
A mesma, representa o título mundial de clubes de 1981.


Fluminense
O Fluminense carrega três estrelas amarelas sobre o escudo.
Ambas representam os tricampeonatos cariocas, de 1917-1919, 1936-1938 e 1983-1985.


Goiás
A equipe do centro-oeste carrega apenas uma estrela, da mesma cor do clube, eventualmente na cor prata.
Representa o título da série B de 1999.


Grêmio
O tricolor gaúcho leva três estrelas: Ouro, Prata e Bronze.
A de bronze, representa todos os títulos nacionais (Bicampeão brasileiro, Tetra da Copa do Brasil e outros títulos menores). A de prata, os títulos continentais (Bicampeão da Libertadores e Recopa) e a dourada, o Mundial de Clubes de 1983.


Internacional
O colorado leva nada menos que seis estrelas.
As cinco amarelas representam o tri brasileiro (1975, 1976 e 1979), a Copa do Brasil de 1992 e a libertadores de 2006. A de prata, superior o Mundial de Clubes de 2006. Atualmente adotou uma coroa representando a tríplice coroa do clube (Libertadores, Recopa e Mundial), JUNTO com as estrelas.


Juventude
O time de Caxias do Sul leva uma prata e uma dourada.
A prata representa a Série B de 1994. A dourada a Copa do Brasil de 1999.


Náutico
Leva seis estrelas dentro do próprio escudo.
Elas, representam o hexacampeonato pernambucano, entre 1963 e 1968.


Palmeiras
Como o Náutico, leva estrelas dentro do próprio escudo. São oito.
Oficialmente, representam os Campeonatos Paulistas conquistados com o nome de Palestra Itália: 1920, 1926, 1927, 1932, 1933, 1934, 1936 e 1940.
fontes não-oficiais, afirmam ser relacionado ao mês de fundação do clube.


Paraná
Carrega duas estrelas amarelas.
Ambas representam os títulos da Série B conquistados pelo clube, em 1992 e 2000.


Santos
Carrega duas estrelas amarelas.
Representam o Bi-Mundial, de 1962 e 1963.


São Paulo
O time do Richarlyson leva cinco estrelas. Três vermelhas e duas amarelas.
As vermelhas representam o tricampeonato do Mundial de Clubes (1992, 1993 e 2005). As amarelas, os dois recordes mundiais de Adhemar Ferreira da Silva no Salto Triplo.


Sport
O time pernambucano leva duas estrelas. Uma dourada e outra prata.
A prata representa a Série B do Brasileiro de 1990. a dourada, o Brasileiro de 1987.


Vasco da Gama
O time carioca leva oito estrelas amarelas, sobre a Cruz de Malta, logotipo alternativo do clube. Não pensem que eles contam também os vice-campeonatos.
As estrelas representam a Libertadores de 1998, Campeonato Sul-Americano de 1949, Copa Mercosul de 2000, Brasileiros de 1974, 1989, 1997 e 2000 e campeonato de Terra e Mar (futebol e remo) de 1929.




Deu pra notar que não é controle algum sobre as estrelas. Uns são mais discretos e outros botam que ganharam no cara ou coroa em um campeonato de 1863. Como um bom gremista, vou fazer a comparação:
Caso o Grêmio colocasse o as estrelas no escudo, seguindo o critério da equipe da beira do lago do Guaíba, vejamos como ficaria:

O nosso rival colocou os três Brasileiros. Dois pro Grêmio. Uma Copa do Brasil. Some quatro pro Grêmio. A Libertadores. Some duas pro Grêmio. O Mundial. Colocaram a coroa pra Recopa, ok Grêmio também tem uma. Também temos uma série B, que é motivo de orgulho ter vencido. E nunca vi alguém reclamar de título.
A equipe de artes do PdB nos enviou como ficaria o logo. ONZE estrelas.



Pois é, só sou a favor de não ter controle algum, porque acho lindas nossas três estrelas, .