terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

El Rodríguez, cabrón!

Se tem algo que faço questão, é desenhar as coisas à mão livre. Com a entrada do computador e acesso fácil à editores de imagem, de vetorização e tudo mais, agora qualquer um "sabe desenhar". Tem o lado bom e o lado ruim.
Porém, nunca abro mão de um bom papel e grafite pra fazer um desenho.
Mas casando o útil ao agradável, eu comprei ano retrasado uma ferramenta que faz isso por mim:

Esse é o meu tablet, meu brinquedo de desenhar. Pra quem não sabe, aquela canetinha ali em cima, quando "risca" na superfície delimitada pelo contorno amarelo, faz o desenho sair no monitor. Aí, alguns programas de edição de desenho, me dão a possibilidade de fazer traços de diversas ferramentas, como lápis, crayon, tinta óleo, carvão, entre outros. Foi a partir dele que saiu o Ananás. Vamos ver agora, passo a passo a construção do Rodríguez:


Passo #01:
Desenhei uma forma básica de um abacaxi, simples e rápido:Passo #02:
Braços, pernas, olhos, boca. Decidir onde ficariam os olhos, altura deles e colocação. Formato da boca e disposição dos membros. Passo #03:
Agora, os traços definitivos, que dão a forma do personagem. Contorno dos olhos e perspectiva entre objetos da frente e atrás. Passo #04:
Então, os traços-base são limpados e os detalhes inclusos. A fruta ganha a personalidade. É hora de colorir. Passo #05:
Voilá! Obviamente, depois de pronta, vetorizo ela pra ter o traço mais firme e preciso.


Esse foi o processo de contrução do Rodríguez, nem é tão difícil. Logo logo, traremos mais personagens da turma da Pókenraba!