segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Restinho do Beto Carrero:

Gente que NÃO GOSTAVA, acredito que não existe, afinal o cara nunca fez nada de errado. Cobrava pra entrar no parque? Claro, olha o que tem dentro dele, como funciona, a tecnologia. Não há do que reclamar. O preço, mesmo sendo alto, é justo. E mais, fuçando em fotos antigas, percebi que ele já deu muita diversão pra quem foi lá, e tem coisas que não há dinheiro que pague. Essa é minha homenagem ao zorro brasileiro, que em todos momentos da vida de empresário, só buscou levar alegria e lazer às pessoas.
Eu que os diga.


Valeu, Betão!