quarta-feira, 5 de março de 2008

Nova campanha

Tenho nojo de cigarro. Fede, faz mulher cheirar homem, não dá status nenhum nem deixa nenhum pirralho mais adulto. E ainda tem gente que faz questão de fingir que fuma, aparecer em fotos fumando ou coisas assim pra pensar que é malandro.

Mais repugnante que o próprio cigarro/fumante que tem orgulho de fumar, é a carteira do cigarro. Leva imagens grotescas atrás, e que adianta porra alguma, a pessoa que fuma se sente imune assim como um jovem dirigindo um carro.

Para tratar de tanta falta de neurônios, consumida pelo próprio cigarro, o PdB propôe colcoar imagens mais acessíveis e explícitas de aviso, diferente de cigarros queimados, um rato morto ou algo que não impressiona nem minha vó que fuma feito uma porca.

Vejam só, direta, simples e além de tudo, divertida:


Além de tudo, pode encorajar crianças a começarem a fumar e parar, uma das coisas mais difíceis e bravas de se fazer, como afirma Bart Simpson.

Tem outras sugestões? Mande pra nós!