quinta-feira, 1 de maio de 2008

O Gênio das Pistas

Há exatamente 14 anos, após trágico acidente em Ímola, falecia um dos maiores ídolos da história do Brasil. Ayrton Senna, era sinônimo de perseverança. Ídolo também em outros países, ídolo de outros grandes pilotos como Schumacher, ídolos de várias gerações, um ídolo do esporte. Uma pena não ter acompanhado todos seus anos como piloto. Aliás, acompanhei muito pouco, mas segundo meu pai, eu já torcia como se fosse o Corinthians nas pistas. Lembro bem daquela mesma bagunça de vários domingos, tios, tias, avós, amigos e mais parentes reunidos por um único motivo: assistir o show de Senna. Quem é que até hoje não tem arrepios com a músiquinha que ele imortalizou? As inesquecíveis narrações de Galvão Bueno, e as manhãs de domingo que pareciam mais uma final de copa do mundo.

Uma das poucas lembranças que tenho, é dessa corrida emocionante em 1993, quando ganhou no Brasil. Clique aqui e confira


Uma singela homenagem do PdB, ao gênio das pistas. Ayrton Senna.