segunda-feira, 14 de julho de 2008

Ah, tecnologia...

Sábado peguei um daqueles teclados flexíveis, feito com um composto de borracha (apesar que acho que a borracha é sintética).

A princípio, fiquei maravilhado, pois iria aposentar meu velho e barulhento teclado por um silencioso, moderno e estiloso, que pode ser imerso na água, não acumula Club Social sabor Queijo, nem cabelo. No meu teclado tradicional, estava com o Reino Monera completinho, vivendo debaixo das teclas. Liguei no USB e comecei a usar com um teclado que não faz barulho algum, além de ser megamacio e confortável pra digitar. Mas como em qualquer eletrônico/periférico que compramos, encontrei alguns inconvenientes:

É MUITO difícil se adaptar nele. Como não existem teclas, e sim apenas alguns "cucurutos" no teclado, é um tanto difícil achar a tecla certa, ocorrendo o caso mesmo em pessoas com muita prática em digitação. Constantemente uma ou outra letra acaba não saindo. De uns 400 caracteres, uns 10 ficam de fora, pois o dedo tem que acertar o botão em cheio pra fazer o contato e sair o caractere desejado. Sem contar as teclas grandes, como o espaço que de vez em quando são muito difíceis de serem acertadas em cheio, pois tem uns 2 contatos nela, e como o teclado é maleável, quando você digita, ocorre a pressão em apenas um ponto, e não na barra de espaço inteira, como acontece nos teclados de liga plástica rígida, como no caso do teclado que estou digitando agora.



Vale a pena? Pelo preço, sim. Além de ser muito estiloso e tudo mais que já comentei, ele pode ser muito útil pra quem usa laptops, é de fácil ligação (USB plug & play) e pra quem usa palms, deve ser uma maravilha.

É de facílimo transporte, tem pouco mais de 1cm de altura, pode ser enrolado, dobrado, etc e não estraga. É disponível em várias cores e padrões, como os completos, compactos, entre outros. Peguei um preto, compacto. Bem legal, ainda mais pra quem é ligado nessas (in)utilidades tecnológicas, como eu.

Agora, se você quer construir o próprio teclado maleável, vou postar daqui a pouco, um tutorial de como fazer o seu. Claro que não é nenhuma maravilha de design e modernidade, mas vale a pena tentar, pra brincar.