sexta-feira, 4 de julho de 2008

Na falta do que inventar...

Pelo menos na minha família, tem uma pessoa que conta tudo. Meu vô paterno. Vive contando as coisas, por mania ou TOC (transtorno compulsivo) mesmo. Conta quantos pedaços de pizza cada um comeu, conta quantas latinhas de cerveja foram consumidas em uma janta, cronometra minutos, se vai apenas comprar um refrigerante no supermercado e etc.

Esse abridor de garrafa seria útil pra caramba pra ele. Ele conta quantas garrafas foram abertas num período, zera quando você quiser, e se não for usado por 15 segundos, desliga automaticamente, voltando a funcionar quando você abrir a próxima garrafa, continuando o contador normalmente.






Gostei. Deu até vontade de tomar coca.