domingo, 24 de agosto de 2008

Brasil x Brasil

Os Jogos Olímpicos acabaram, hora de ver de quanto foi o prejuízo lucro e se preparar para Londres'2012. Quem aí lembra do meu primeiro post pro PdB? Foi uma tabela, mostrando como foi o desempenho do Brasil no Pan do Rio. Agora com o final dos Jogos Olímpicos, estou mostrando como foi o desempenho interno brasileiro nos Jogos de Beijing. Clique na imagem para ampliar:


Leve em conta que a produção desse quadro foi da seguinte forma:

a) Foram computadas medalhas à todas pessoas que RECEBERAM medalha, seja de modalidade individual como César Cielo (SP) e a toda equipe do futebol feminino;

b) O método de pontuação foi determinado pelo local de NASCIMENTO, independente de quanto tempo mora em determinado lugar;

c) Os técnicos dos esportes coletivos também estão contados como medalhistas;

d) Apesar do COI não oficializar a competição por medalhas (eles apenas consideram campeões de modalidades e não de países, pois acham que esse tipo de competição não é adequado), classifiquei os estados por padrão internacional. Ouro, desempate de prata e desempate de bronze. Persistindo o empate, classifiquei por nível de conquista: Esporte com mais atletas, pior colocação. Com menos atletas, melhor. Ainda em empate, por ordem alfabética.


Acho injusto o mérito do César Cielo e da Maurren Maggi serem comparados pelo ouro de uma equipe que não é um só nome, mas uma turma inteira, incluindo até reservas. Porém, como pro ouro, que é a principal medalha, foram dois casos do mesmo estado e que ganharia de qualquer forma (SP), desconsiderei qualquer outra forma de avaliação, além da mais simples.