quinta-feira, 23 de outubro de 2008

2,000 Light Years Away

Pobre Billie Joe Armstrong quando escreveu a música que intitula essa matéria, lamentando estar longe de sua amada.

Falando na prática, um objeto construído pelo homem jamais alcançou nem perto de atingir 1 ano-luz de distância daqui, onde os mais distantes até hoje são as sondas Voyagers, onde a Voyager 1 está a 0,0017 ano-luz do nosso Sol. Mesmo assim, a distância é tremenda, quase 16.000.000.000 km (16 bilhões de quilômetros) do ponto de partida.


E a Terra como fica nessa tremenda insignificância?
Nosso planeta e tudo que está nele é algo completamente desprezível e insignificante (e ainda tem gente que diz que o ser humano é o tal, melhor coisa do universo enquanto outros que ficam brigando entre si) no Universo que vivemos.

Vamos viajar,olhando de onde viemos. Proponho nesse artigo mostrar como a Terra é vista de diversos pontos de nosso Sitema Solar - claro, ainda nem saímos dele.

* todas fotografias poderão ser ampliadas, caso você clicar nelas.

Começamos com uma das primeiras imagens da Terra, fotografada num vôo sub-orbital de um Míssil V2, armamento militar alemão, que resolveu tirar uma foto vista do céu:





O homem só conseguiu pôr um objeto em vôo orbital em 1957, com o Sputnik (falei dele esses dias em mais um de meus textos sobre astronomia), seguido pelo Programa Vanguard. Depois disso, a expansão espacial cresceu muito, e em poucos anos já estávamos mandando sondas pra cá e pra lá.

Em 1961, o primeiro homem saiu da terra, e Yuri Gagarin e soltou a frase "A Terra é azul".

Enquanto isso, as fotografias espaciais ainda eram preto e branco, o homem já estava a meio caminho da Lua, mas a velha fotografia sem cores. A próxima imagem é da Terra vista pela Lunar Orbiter, de 1966:






Inserindo cores, a fotografia mais famosa do nosso planeta, é do Blue Marble, tirada pela Apollo XVII em 7 de dezembro de 1972. Nessa altura, o homem já havia pisado na Lua. Vejamos:




originalmente, ela foi fotografada de cabeça para baixo, pela órbita da nave.




Falando da Lua, como a Terra é vista da superfície luar? Bom, a primeira fotografada já mostramos. E em alta qualidade? E da superfície? Vejamos as duas:



Fotografia da Terra, tirada da órbita lunar, pela Apollo VIII




Terra vista da superfície lunar. Patriotismo é pouco.




Não estamos numa viagem cronológica, portando, apenas vamos vendo as distâncias. A próxima imagem, é do sistema Terra-Lua, visto da Mars Global Surveyor, em 2003, em órbita marciana. Viramos apenas mais um planeta indefinido e sem saber composição da atmosfera e superfície:







E da superfície marciana? Assim como vemos Marte, "eles", podem nos ver!







Em 1992, logo depois de partir da Terra rumo a Jupiter, a sonda Galileo se virou e fotografou em alta resolução nosso sistema. mas ainda estava muito perto daqui. Dá pra notar que nosso planeta é todo de água! Como podemos perceber, todos objetos que estão em órbita interna à nossa, possuem fases, bem como as da Lua. Na imagem, vemos a Terra e a Lua em fase (crescente ou minguante, sinceramente não sei):








Viajamos para mais longe. Quando a sonda Cassini visitou Saturno, ela também fotografou a Terra, vista no meio dos anéis saturnianos.







Abusando de vez, a Terra vista da sonda que falei lá no início, a Voyager 1, de 1990, está entre as 10 mais importantes fotografias da ciência mundial (brilho forçado):







E aqui, natural. Tente encontrar a Terra.






Por fim, o "Family Portrait", um mosaico mostrando todo nosso sistema, visto de fora, pela mesma Voyager (você deve clicar pra ampliar):



Marte não aparece porque estava escondido atrás do Sol, e Mercúrio pela proximidade com nossa estrela




Esse artigo foi uma viagem, seja da forma que você quiser interpretar.




* 2,000 Light Years Away pode ser encontrada no álbum Kerplunk, do Green Day.