sexta-feira, 18 de abril de 2008

Já que estou falando de jogos...

Esse é o Ballons Tower Defense 2, joguinho em flash pra matar o tempo.

O que tem de difícil tem de legal. Nos níveis fácil e médio, é tranquilo de terminar. Mas no nível difícil, nunca consigo passar da 35ª fase.
O objetivo é não deixar os balões atravessarem todo o percurso. Pra isso você tem armas. Mas os balões ficam cada vez mais "fortes", velozes e difíceis. Bem interessante pra quando não tem o que fazer.

Clique na imagem para jogar, pelo portal Kongregate.




Eu preciso compartilhar...


...o meu Royal Straight.

Só faltou ser do mesmo naipe. Mas eu chego lá!


pra quem não sabe, esse é o Poker do Full Tilt.

Momento Sexta-Feira

Um guarda jogando Free-Cell


Será que ele não tem paciência? AHUuhauhaUHAuaHUA

Missão Impossível

Eu considero essas montagens, aquelas que mesmo descaradas, nos fazem rir. É tipo aquela piada sem graça, que de tão sem graça, se torna engraçada.




Não sei vocês mas eu rachei ahuuahuha

Tears in Heaven

Agora que já está praticamente resolvido o caso de Isabella, pensei comigo, o que esses dois filhos da puta mereceriam? Suponhamos que todos estejam errados e um fantasma tenha matado a menina, a pergunta é, o que você faria então com o fantasma?



1ª possibilidade

Regra de 3: A menina tem 6 anos e foi jogada de 20 metros. O pai que deve ter uns 30 anos deve ser jogado de uma altura x.

6 --- 20
30 --- x

x = 100 metros.

Vamos ao playcenter :)

2ª possibilidade

Pena de morte: Já que pena da morte foi uma coisa não utilizada pelo pai em relação à menina, que tal colocá-lo numa prisão formada por bandidos estupradores.

3ª possibilidade

Chuck Norris: Bastaria um único roundhouse kick de Chuck Norris e a madrasta teria na hora um politraumatismo. Craniano.

4ª possibilidade

O troco na mesma moeda: Nada mais gostoso do que esganar alguém, não é mesmo? Esganar alguém que esganou a filha então, não tem preço.

5ª possibilidade

Jogos Mortais do Julian: Que jigsaw que nada, julian disse pra mim que executaria todas as torturas desse post (clique aqui)

O mural se foi, então dê sua opinião em nossa comunidade do orkut

Perdão de cú é rola.

iPod's do Paraguai

Muito foda esses ipods que o Vinícius Rocha nos enviou. Segue abaixo as imagens.










Desculpe a falta de posts ontem. Problemas de logística

Sexta é dia de filme do PdB!

1408 (1408)

Gênero: Terror de Stephen King
Direção:
Mikael Håfström (2007)

Um filme perturbador. Um filme que entra na sua cabeça, que envolve quem está assistindo. Parece mais um drama que um terror, ao vermos Mike Enslin (John Cusack) trancado num quarto de hotel sofrendo as mais bizarras situações. Investigador paranormal, ele briga com o gerente do hotel Gerald Olin (Samuel L. Jackson) para poder entrar em um quarto proibido do Dolphin Hotel em NYC, e lá investigar a fama paranormal que o assola. Irônico, acaba se deprarando com um quarto que aos poucos vai mostrando seu poder. Interessante, que na brilhante mente de Stephen King, a maioria das suposições que podemos dar de uma resposta para o que está acontecendo, é cortada no próprio filme! O longa peca pelo final, frustrante. Porém, se você tiver interesse em saber com mais detalhes os motivos e história do quarto, leia o conto. No dvd, vale a pena conferir o final alternativo e os documentários que aumentam a atmosfera do filme. A cena da parede e do homem no prédio vizinho merecem ser vistas e revistas. Pra quem se decepcionar com o filme, não perderá NADA em assistir uma brilhante e quase solitária atuação impecável de John Cusack.



Estatísticas PdB:
Diversão:
Impacto:
Dinâmica:
Nota final:

quinta-feira, 17 de abril de 2008

O mundo ainda tem jeito. Ah, se tem jeito...

Hoje está sendo um dia feliz pra mim. Uma chuva fina cai sobre a cidade, umidade por todos os lados, friozinho que remete ao inverno. Vontade de ficar um pouco mais na cama, vontade de tomar um mocaccino megavaporizado e ficar à toa. Mas fica só na vontade. Então o que tem de bom? O que vou contar parece replay. Mas não é.

Como o povo daqui já deve estar cansado de saber, sempre fiz questão de comprar material original de coisas na qual tenho uma... afeição? Problema é quando essas coisas não estão ao nosso alcance. Mas algumas dessas coisas, acabam caindo em nossas mãos, enviadas por anjos vestido de amarelo e boné azul, que tem que fugir de cachorros e aturar gente mal educada.
Meio dia, como de costume, tenho que abrir a caixa de correios, separar correspondências, contas, periódicos, amostras, cartas do Japão... Hey! Japão? Sim! Um envelope pardo, com endereço de remetente quase impronunciável! Já devem prever o que era.

Lembram que comentei que existem algumas bandas que eu adoro e é impossível comprar um álbum deles? De que quando se GOSTA de uma banda, fazemos questão de ter o álbum original, o encarte, analisar todo ele, o cd, e tudo isso? Já tive essa experiência com ganhar um álbum do Zebrahead, que a Carol me deu. Meu primeiro deles, faltam uns 5 e vou completar a discografia.

Aí que a Senhora Jéssica Shimokawa me mandou lááá de Maebashi no Japão um cd de uma banda que nem sonha que tem gente aqui no Brasil que conhece o som deles. Coisa garimpada, difícil de achar. Mas estou com ele aqui na minha mão, orgulhoso, feliz e maravilhado de como sem querer, por peças dos rumos que tomamos em nossas vidas, nos trombamos com gente que surge no msn numa noite qualquer, e de um dia pro outro faz com que conheçamos alguém com um caráter e personalidade inimagináveis.


Não pense que estou assim por ter ganho o álbum em si. Mas ao nos depararmos com atitudes como essa, sem interesses, o que menos me importa é o valor material da coisa, mas a atitude de uma pessoa que conseguiu deixar a outra feliz em uma tarde chuvosa, fria e monótona de trabalho, onde não esperava mais que talvez um cafézinho de agrado enquanto remexo no Corel. Mas isso não vai ficar só por hoje. Só não vou sair mostrando ele pra todo mundo por aí porque vai ficar guardado em local intocável para estranhos. Estranhos = qualquer pessoa sem ser eu.

Alguns de nossos leitores podem estar pensando "ta, e daí?". Quero que vocês se fodam. Venho por essa postagem compartilhar com vocês de como é bom fazer/receber um agrado às pessoas que você se relaciona. Não precisa ser material. Pode ser um abraço, um elogio. Mas de verdade, sem ter nada por trás, o legal é o inesperado. Aposto que a dona Shimoshimo está mais satisfeita que eu. Mas tudo bem, sou vingativo. Sim, o Julian é um pouco bastante coração de pedra, mas tem horas que não dá pra escapar. Esse é um momento raro, fato.

Fotografei com minha webcam imagens do cd. Quero mostrar pra vocês:


capa.

cd.

misterioso texto nipônico.

asdsad.



Pra quem não conhece o som deles, vou por o cd pra download. Baixe, não sou contra downloads via internet. Eu tenho o original. haha


E a comunidade deles no orkut é minha também:



Ah se todo mundo fosse assim né?
Começando por eu...

quarta-feira, 16 de abril de 2008

5º período #2


Galerinha, os posts do 5º Período não tem muito o que dizer, apenas o que sugerir. Então vou ser curto e grosso.

Eu adorava encher o saco nas aulas de matemática, já que nunca soube porra nenhuma. E uma coisa que eu sempre gostei era de deixar o professor maluco. Servia também pros colega mais atrasados.
Analise esse quadro:

agora vamos analisar o detalhe:

E do nada...



Quando a aula ficava um pouco caótica, eu dava uma volta lá pela frente... enquanto ninguém olhava, metia a mão no quadro. Vale pra trocar um sinal, transformar um 8 num 3, apagar um número inteiro do quadro, apagar uma potência, transformar um = em um -, enfim.

Aí é só sentar e esperar. Sempre tem um babaca que deixou pra copiar por último. Vai ficar perdidasso ou nem vai entender e pensar que está certo. Aí que o coitado está fudido.

Ótimo pra ver reações das pessoas. Foque em um cálculo logo do começo do problema, já que altera todo o andamento da matemática.

Porém, lembre-se:
Tenha a equação correta no seu caderno, e se possível muito bem resolvida.


Ah, ta achando que isso não deve ser feito, porque bla bla bla?
Inscrições pro curso de Teologia estão abertas. Lá é o teu lugar.

Spam Pecador

Meu amigo gustavo do paginasimples me enviou esse print screen que ele mesmo tirou, de uma garota fake fazendo spam para aumentar o pênis. Mas o nome desse perfil, não batia muito bem com o produto vendido.

clique na imagem para ampliar



Eu hein.

Anões do Leela

Como recebi muitos elogios sobre as resenhas do show do iron e do ozzy nas últimas semanas, e também pelo post das melhores músicas que vi ao vivo, decidi falar um pouco mais sobre uma das minhas maiores paixões: a música.


Um show muito agradável que vi uma vez foi o do Leela.

Boa interação com o público, um show à parte quando ela usa um instrumento diferente, maluco e com um som bem tenebroso, e ótimos covers, como rape me, do nirvana, e seven nation army, dos white stripes.

Pra divulgar o novo trabalho, a banda fez um "troço" que achei bem criativo, não só pela idéia em si, mas pela interação que vai rolar com os internautas.

No site, a vocalista Bianca Jhordão, questiona a criação de um novo videoclipe, e fala sobre um "troço", que é na verdade o novo clipe da banda, chamado "pequenas caixas".

Esse vídeo contém um monte de "dicas", uma delas aparece com 1 minuto e 33 segundos de vídeo. As letras e números que aparecem (P9C4X8), são na verdade o código para um vídeo no youtube, que quando acrescidos a url www.youtube.com/ mostra um outro vídeo com uma promoção que dá um violão Gianini. E para participar dessa promoção, é só mandar uma foto vestido de anão.

clique na imagem para ver o vídeo no youtube

Muito legal!

Conferindo a caixa de entrada do PdB, me deparei com um dos melhores materiais que já recebi até hoje. A Larissa Passos me mandou por e-mail um material que ela mesma coletou quando andava pelas ruas. Como ela deixou tudo bem claro no material, esse post vai ser todo escrito por ela:


Quando eu ainda era vestibulanda em 2006, estávamos época de corridas de Fórmula 1 e esse era o assunto do momento. Estava atravessando a rua quando vi um below the line da Shell (na época nem sabia desse termo hahaha). Era assim: o sinal fechava e vários "mecânicos" faziam um pit stop no carro parado no sinal. Tinha placa de Stop and Go, "troca de pneus", limpa vidros, uma mulher bonita (lembrando sempre Fórmula 1) (pitbabes), acompanhada de outro mecânico que segurava seu guarda sol, entregava um brinde para o motorista e um chefe dos mecânicos "cantava" o pit stop. O sinal abria e eles saiam.
Chamava muita atenção e apareceu em vários jornais.

Na hora, gravei, tirei foto e isso ficou esquecido no meu computador.
Até que hoje eu tive uma palestra com o dono da empresa que criou isso tudo (Biruta - Mídias Mirabolantes). Ele mostrou várias matérias sobre a repercussão dessa propaganda e realmente deu muito certo.
Cheguei em casa e acabei de colocar o vídeo no youtube para compartilhar com pessoas que se interessam por isso também.
Ou seja, segue em primeira mão para vocês.







(Julian comentando: "caraaaalho! eu quero trabalhar aí também")

O Pit Stop da Shell aconteceu em São Paulo e no Rio de Janeiro.


Legal, não?
Ela também enviou fotografias do evento, tiradas por ela. Confira a simpatia dos atores:




Atualmente, a Larissa é estudante do terceiro período de Publicidade e Propaganda na ESPM do Rio, e pelo jeito essa campanha da Shell convenceu ela a seguir o ramo publicitário.

O novo baixinho da Kaiser

Após anunciar definitivamente sua aposentadoria, romário já está de emprego novo. O baixinho largou a "redonda" e foi pra "kaiser".

E até já se pronunciou sobre o assunto:

"Fala peixe, não vai mudar muito não, antes era a pelada e cervejinha só nos finais de semana. Agora é cerveja e pelada todo dia, não necessariamente nessa ordem, sacô?"



A idéia foi minha, e a montagem foi do Iapequino, que agora é o Chuck Norris do Photoshop.

Que torcida é essa...

Eu ri muito, mas muito mesmo com essa imagem, não só pela criatividade, mas também porque há muito tempo eu tinha visto o tópico onde o tonto perguntava "quem é esse heitor que comparam o obina?", se referindo ao Eto'o, do Barcelona. E agora, com essa baderna justificada dos estudantes da UnB


Enviado pela Krol

Floooooooooooooooddddddddd!

Meus queridos, hoje dois leitores assíduos do pudim fazem aniversário. Aliás, mais do que leitores assíduos, eles são amigões de infância. Eu lembro quando falava para os dois, que mal se conheciam e mal se conhecem direito, que eles eram gêmeos separados, por parecerem tanto um com o outro. Não fisicamente, mas todos os jeitos, de pensar, agir, falar, e sei lá, coisa minha mesmo. Até descobrir que os dois faziam aniversário no mesmo dia.



Um deles é o Pedro---> clique aqui e mande bala
descrição:Loiro, alto, magro, faz engenharia, e torce para o São Paulo.

e o outro é o bino Caio ---> clique aqui e mande bala também
descrição: Sei lá, ex-baixinho, magro, faz engenharia, e torce para o Palmeiras.


Parabéns seus putos velhos, agora vocês também tem 20.


E a propósito, os dois estão solteiros.

ps: começa hoje o novo quadro do PdB, toda quarta-feira, envie uma pessoa querida, que nós vamos fazer uma surpresinha em seu orkut.


terça-feira, 15 de abril de 2008

Web Pipoca

Uma das novidades que disse ontem, é sobre o nosso novo blog. Web Pipoca, um blog sobre cinema. Tudo sobre cinema. E o post de hoje é sobre os Batutinhas. Quem nunca viu batutinhas levanta a mão. Vocês sabiam que os batutinhas originais são da década de 20? Saiba detalhes em webpipoca.com

Um projeto paralelo a princípio idealizado por mim. Convidei alguns amigos, incluindo o Julian, que vão me ajudar a "tocar" esse blog. E garanto que nada vai atrapalhar meu tempo com o PdB.


Vejo vocês lá. Também. WebPipoca.com

Tomando por trás

Enquanto o outro era camarada...esse é espertinho...


Aauhhauuah muito foda

Esse eu vi!

“Ninguém paga as minhas contas ou sente minhas dores. Então falo o que quero. Quem não quer ouvir, tampa o ouvido, desliga a TV, o rádio ou não compra jornal. Sempre falei o que quis.”


A meio caminho dos meus 23 anos, digo que tive o prazer de assistir o melhor jogador do mundo em partidas ao vivo. Evidente que não estou falando do Pelé, mas de Romário de Souza Faria.

Mas empolgante tanto quanto eu ficava vendo ele jogar na melhor Copa do Mundo da história (1994), era esperar as declarações do Baixinho, sempre sinceras e reais, diferente da água morna que a maioria dos jogadores costuma até hoje fazem.

Frente a aposentadoria dele (acho que agora é definitiva), selecionei um apanhado do jogador, só pra relembrarmos os bons momentos que ele já nos deu. Seja Flamengo, Vasco, Fluminense ou torcedor de qualquer outro time, que já viu ele dar um sacode nos nossos.


"Quando eu nasci, Deus apontou o dedo e disse: esse é o cara"
Em uma coletiva, após ser contratado pelo Fluminense. Repetiu a frase em 2005, num jogo festivo da seleção carioca contra seleção paulista de beach soccer.


"Levei mais de uma mulher para a concentração"
Depois de erguer a taça da Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos.


"Não tem problema, vou ganhar a Copa do Mundo e com o dinheiro pago essas multas".
Ao ser multado de 50 dólares a cada 10 minutos de atraso nos treinos do Barcelona, em 1994


"Aqui tem muito rei. Rei têm dois, três, quatro, cinco. Mas Deus, Deus só tem um. E agora eles sabem quem é"
Romário ao ganhar a artilharia do Carioca de 1995, disputada com Renato Gaúcho e Túlio.


“É bom ele se preocupar com a casa dele. Está dando ladrão lá...”.
Recado para Túlio Maravilha, que na época estava no Botafogo.


"Da geração de 70 até hoje, eu sou o mais importante jogador que surgiu no Brasil."
Sobre ele.


"Acordar cedo está sendo duro demais. Fazer o quê? Faz parte da profissão."
"Esse é o horário que costumo chegar em casa para dormir."
Em 2001 com a seleção, comentando de como estava a primeira semana de treinos na Granja Comary em Teresópolis.


"Eles sempre pedem dinheiro. É para gravar CD, para organizar churrasco. Eu não dou. Quem quiser dinheiro que vá trabalhar."
Em 2001, criticando a Força Jovem, do Vasco.


“Eu não fumo, não bebo, não cheiro, não ‘dou’ e não roubo. Minha parada é mulher, todo mundo sabe disso..."
Dando motivos para ser permitido a frequentar a noitada carioca.


"Se eu for à Copa do Mundo, deve ser pelo que estou fazendo, não por aquilo que fiz. E por isso penso que é normal que eu vá, já que agora sou o melhor."
Em 2002, se convocando para a Copa.


"Treinar pra quê, se eu já sei o que fazer"
Em 2005, após brigas por chegar atrasado em treinos do Vasco da Gama.


"A corte agora está contente. O rei, o príncipe e o bobo"
Edmundo = bobo, que disse que Romário era o príncipe, e ainda sobrando pro presidente do Vasco, Eurico Miranda.


"O Pelé calado é um poeta"
Após ser sugerido a se aposentar.


"Não sou amigo dele, mas conheço-o. Já lhe disse que na área sou muito melhor do que ele."
Sobre Pelé.


"Alfonso quem?"
Alfonso declarou que Romário é preguiçoso.


"Não digo que será o meu último ano porque falo nisso há quase uma década."
2004, sobre aposentadoria.


"Se depender da parte técnica ainda vou jogar muitos anos, porque os que estão surgindo agora são muito ruins"
Em 2005, sobre aposentadoria.


"Parei. Não dá mais. Não tenho mais vontade."
Em 2005, sobre a desistência de continuar nos gramados profissionais.


"Que parar o quê!"
Dias depois da declaração anterior.


"Não sou cavalo paraguaio. Mais uma vez, mostrei quem é o puro-sangue"
Meses depois em 2005, aos 39 anos. Artilheiro isolado do Brasileirão.


"Quando durmo muito, não faço gols, por isso gosto de ficar na noite."
2005, confirmando que continuava frequentando a noitada carioca. E sendo artilheiro.


"Tô quebrado, peixe."
Em 2005, negando pedido de pensão de R$10.000 da ex-mulher.


"Goleiro sempre tem mérito. Mas dessa vez não. Do jeito que bati, até a minha mãe pegava"
Sobre um pênalti que perdeu em 2005 contra a Ponte Preta de Campinas.


"Só vejo o Pelé na minha frente. Ele não é rei, é Deus, inigualável. Quanto mais perto chegar dele, mais prazer vou ter. Eu sou eu, nunca me comparei a ninguém e não vou fazer isso agora. Respeito todo mundo, mas me respeito muito também."
Avacalhando com Zico, ao se tornar vice-artilheiro da seleção brasileira.

"Zico não ganhou nada."
Referindo que não levou nenhuma Copa do Mundo


"Quem tem que ter imagem boa é televisão."
Despejou a tia de uma de suas propriedades. Aí foi perguntado se isso não estragaria a imagem dele.


"Pelé marcou gol contra a seleção do Exército e valeu. Marcou gol de terno na demolição de Wembley e valeu! Eu não posso fazer gol contra time da 3ª divisão que vem um monte de babaca encher o saco!"
Sobre a polêmica do milésimo gol, em 2005


"Deus abençoou os pés desse cidadão, mas se esqueceu do resto e principalmente da boca, porque quando ele fala só sai besteira, ou melhor: só sai merda"
Se referindo a Pelé, depois de críticas sobre a atuação na Copa Ouro.


“Técnico bom é aquele que não atrapalha.”
Entrevistado no Sportv em 2006.


"Quem tem filho grande é elefante"
Romário mandando parentada pra fora das casas dele.


"O cara nem entrou no ônibus ainda e já quer sentar na janela"
Pra Alexandre Gama, então técnico do Fluminense que tinha barrado Romário.


Fonte: Rede Globo, Google, Wiki, entre vários outros sites pequenos.


E que vontade de assistir o documentário da copa de 1994...


Camaradagem

Numa loja de eletrônicos, onde geralmente tem um vídeo-game disponível para ser jogado, geralmente para a maior divulgação da marca, dois meninos revezam a posição de "cadeira".




Isso que é companheirismo, hein?

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Post dos Leitores

Como não canso de dizer, o PdB não é um blog de dois inúteis. É um blog onde qualquer um pode participar. Basta enviar material pra nós, que aparece aqui, afinal quem faz o PdB é todo o universo de pessoas que diretamente ou não, participam dele. Sejam leitores, colaboradores, amigos ou malditos spammers.

Nesse post, segue uma compilação de fotografias enviadas pro nosso e-mail. O que mais me diverte é que são fotografias tiradas pelos próprios leitores, material de primeira:
E você já sabe que pode clicar pra abrir em outra janela.



Fotografado por Hugo Bachiega, de São Paulo:





Aqui, um paradoxo no painel da Esso, fotografado por Guilherme Dornemann, de São Leopoldo - RS. E agora? Deveria ter um controle de qualidade do controle de qualidade?





O Rafael da Luz não deixou de ver o que tem na linha 47 de Niterói.


Mas pensam que era em um só ônibus? Essa fotografia foi tirada em outro. E agora com acento...



E o incentivo ao crime? Ok, sabemos que foi alguém (será que foi ele?) que arrancou o "não". Ou não.




A Taynara Eleutério mandou uma placa na UEL (Universidade Estadual de Londrina). Pensei que impunidade só tinha em Brasília.




Pra fechar, a Isa Silva que esqueceu de dizer de onde é, mostrando que os postos de combustível continuam mandando ver:




Não deixe de fotografar, registrar algum momento oportuno. Não é necessário ser apenas pérolas da língua portuguesa. Achou alguma coisa legal? Fotografa e manda pra cá! Valorizamos coisas próprias, conte a história da fotografia, junto com seu nome e cidade/estado para pudimdebeterraba@gmail.com que ela aparece no ar!